Saltar os Menus

Notícias

5 de Dezembro de 2019

Corina Freire (1897-1975)

Como destaque do mês, apresentamos o registo de batismo de mais uma personalidade algarvia, a cantora e atriz Corina Carlos Freire, nascida em Silves, a 14 de dezembro de 1897 (Reg. 214, Lv. 1899).

Filha de João José Freire, farmacêutico e de Bazília Nunes de Sousa, doméstica, cresceu no seio de uma família abastada, onde prevalecia o gosto pelas artes, o que lhe permitiu desenvolver, desde criança, a aprendizagem e o gosto pelo canto e pela música.

Deixa o Algarve após um breve casamento e ruma a Lisboa, onde trabalhou como pianista e cantora na Valentim de Carvalho.

Foi como cantora lírica que começou a ser conhecida, no entanto foi a música ligeira que lhe trouxe a fama e o sucesso, estreando-se em 1927, no teatro de revista com a peça “Rosas de Portugal”, de Silva Tavares. Fez cinema, viajou pela Europa, onde atuou na corte inglesa para o Príncipe de Gales e foi a primeira portuguesa a trabalhar no Olympia de Paris, onde contracenou com Maurice Chevalier.

Retira-se da vida artística em 1940, após várias digressões pelo Brasil e Portugal, dedicando-se à composição e ao ensino do canto.

Corina Freire, figura da história do teatro de revista, viria a falecer em Lisboa, em 1975.

Fonte: Marreiros, Glória Maria – Quem foi quem?: 200 Algarvios do Sec. XX. Lisboa: Colibri, 2000.

 

 

Refª: PT-ADFAR-PRQ-SLV07-001-00074

Esta notícia foi publicada em 5 de Dezembro de 2019 e foi arquivada em: Documento em Destaque.

Arquivo Distrital de Faro